Aldeia do concelho de Castanheira de Pêra, distrito de Leiria

29
Jun 08

 

 

S.JOÃO E S. PEDRO
 
De novo a prima Fátima e as suas irmãs puseram mãos à obra e fizeram arcos para as fontes, nos dias (são colocados na véspera à noite)  de veneração destes Santo Populares.
 
Contra a melancolia lutar, lutar!
 
A fonte velha, um conjunto de cravos e um poema à fonte e à água.
    
Solteira no pensamento,
Solidária na missão,
Dei-vos sempre o alimento
Em partilha e união.
 
Uns foram outros ficaram,
Alguns foram e voltaram
e com eles me transportaram
com amor e gratidão!
 
Solidária Castanheira
Veio aqui me deu a mão.
O rosto me lavaram
Por altura do S. João.
 
Comovida eu fiquei
Com tanta consideração,
Dou-vos agora este cravo  
No dia de S. João!
 
Um convite aos visitantes, para que levem um cravo.
Um apelo ao respirar do ar puro no lugar,
A ouvir o múrmur da água no regato!
E os pássaros a cantarem nos silvados!
 
Visite o local, beba um copo (de água), beba com a ajuda da mão. (Antigamente bebia-se com a ajuda do pecíolo da folha de aboboreira que era oco ou com a própria folha enrolada em forma de copo.)
 
Visite o local da Fonte Velha, descanse um pouco à sombra, recomponha-se, deixe a tristeza para lá, porque como as primas lá deixaram escrito:
 
 
“O que importa é partilhar, sorrir, brincar e deixar a alegria entrar! 
 
E... ...        Ser Feliz!”
 
 

   Arco de S. João na fonte nova             Arco de S. João na fonte nova           

Fonte nova com arco de S. João 2008 e quadro com poemas alusivos aos Santos Populares e à aldeia.

 

 

      Veja mais fotos em:   http://fotos.sapo.pt/sirdovasco 

                                e em:   http://www.panoramio.com/user/572301

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Sir do Vasco às 17:25

Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

30


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO