Aldeia do concelho de Castanheira de Pêra, distrito de Leiria

28
Out 09

 

S. SIMÃO E O VAREJÃO
 
O mau tempo que assolou o nosso país nos últimos dias foi deveras violento e causou grandes estragos em muitas localidades. Contudo sempre ouvimos dizer, ser quase certo, pelo S. Simão algo de semelhante acontecer com maior ou menor intensidade.

O S. Simão venera-se em muitas localidades de Portugal. Neste dia, 28 de Outubro, fazem-se festas e feiras dedicadas ao Santo.
 
Aldeia de Xisto, Casal de S. Simão, no concelho de Figueiró dos Vinhos, também o venera. Neste caso no último Domingo de Outubro.
 
 
 
  
Casal de S. Simão, Figueiró dos Vinhos
 
 
Quando em criança, tivemos o prazer de lá ir  com familiares. Apanhámos a camioneta das oito, na Melgachinha e descemos na Ladeira de Alge, ramal das Fragas de S. Simão. Fizemos a pé o percurso desde a paragem até à capela. Ouvida a missa, com sermão e realizada a procissão regressámos. Tivemos o “privilégio” de percorrer "on foot" o trajecto até casa. Ou seja seguimos mais ou menos este itinerário: Casal Velho, Chimpeles, Coelheira, Agria Pequena, Agria Grande, Barraca da Boa Vista, Alto da Alagoa e Sarzedas do Vasco. Nada mau, para adultos e crianças! Hoje é que precisávamos de fazer estes "passeios" a pé!
  
Capela de S. Simão em Casal de S. Simão, Figueiró dos Vinhos
O Santo traz com ele vários ditos populares conforme a região:
“No dia de S. Simão, quem não faz magusto não é bom cristão”
“Pelo S. Simão, favas na mão”.
Não é difícil entender o significado destes “ditados”. Eles reflectem as actividades agrícolas da época: a apanha das castanhas, a sementeira das favas.
Na nossa aldeia dizia-se: “Pelo S. Simão vem o varejão” ou “Vem ai o S. Simão com o varejão” ou ainda “O S. Simão traz o varejão” . Quer dizer que por alturas do S. Simão, mais dia, menos dia, há-de haver vento forte, que chegue para varejar as castanhas.
 
De acordo com vários historiadores, o nome de S. Simão figura em décimo primeiro lugar na lista dos Apóstolos. Nasceu em Canaã, na Galileia, em Israel e tinha o denominativo de «Zelotes”. Faleceu martirizado, na Pérsia, em defesa dos fracos e oprimidos e principalmente daqueles que têm fome e sede de justiça.
O Evangelho segundo S. Lucas (Lc 6:15) refere que este Apóstolo conserva o nome derivado de Simeão e significa o “ Ouvido de Deus. Simão era zeloso com o que fazia e queria, homem fervoroso, sanguíneo e ardente, tinha um amor intenso pela causa, um homem no encalço de seus objectivos. Jesus chamou-o, porque queria este zelo ardente em seu grupo, e transformá-lo-ia num "revolucionário" espiritual, num discípulo labareda de fogo!
 

 

publicado por Sir do Vasco às 00:10

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
29
30
31


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

2 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO