Aldeia do concelho de Castanheira de Pêra, distrito de Leiria

26
Jul 07

RESTAURAÇÃO DA FONTE VELHA

 

A Câmara Municipal de Castanheira de Pera, a pedido de alguns munícipes desta aldeia, mandou restaurar a Fonte Velha. Foi construido um muro que impedirá as águas da barroca, em momentos de cheias, inundarem e entulharem a fonte e o tanque. Tudo indica que o local virá, de novo, a tornar-se aprazível.  

Obras de restauro da Fonte Velha

Desde tempos recuados que as sobras da água desta fonte e mais alguma que se juntava vinda da barroca (imagem da esquerda), servia para regar os campos, a jusante, desde este local até ao Porto da Vila.

A água era contada, isto é, cada proprietário tinha direito a umas tantas horas, suficientes para regar o seu terreno. Quando terminasse passava para o proprietário seguinte.

A contagem era feita de Sol a Sol, quero dizer, desde o nascer do Sol  até ao seu ocaso. Durante este período de tempo ninguém mais poderia usufruir da água, a não ser os chamados "donos da àgua" nas suas  horas. No entanto, depois do Sol posto era permitido fazer pequenas regas, normalmente com "aguadouro" ou regador.

A principal cultura era o milho, este aguentava-se cerca de quinze dias até a contagem dar a volta.

Mas faziam-se outras pequenas culturas, normalmente junto ao rego da água. Semeavam-se: feijão, couves, pepinos, tomates, pimentos, batatas, cebolas, etc. enfim todo um conjunto de primeiras necessidades dos seus donos. Estas hortaliças e leguminosas precisavam de regas em intervalos de tempo mais curtos pelo que tinham de ser regadoas muitas vezes de noite.

 

Com a actual restauração deste espaço foi tapada  a entrada por onde os sobejos da água seguiam para regar. Considerando que actualmente ninguém utiliza este sistema de rega aceitamos o restauro como está. Gostariamos, no entanto, de deixar aqui registado, que não abdicamos deste direito e uso antigo. Se por algum motivo for preciso regar os campos a jusante, com os restos desta água, teremos de  devolver à origem a entrada do rego. Julgamos  que qualquer proprietário tem esse direito.

publicado por Sir do Vasco às 00:36

Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
27
28

29
30
31


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO